​​​​​​​TÁ LIGADO? Reflexões feitas antes da pandemia

Tem coluna nova na Rock Press!!! E o melhor: assinada pelo músico e escritor Larry Antha! Sim, o Larry_Antha_Coluna_INJECTING_DRUGS_Rock_Press_ art_ Jorginho“Franzino Costela”, a voz das bandas Sex Noise, LoveJoy, e atualmente com a Katina Surf. Como escritor, foram seis livros e vem coisa nova por aí. Em seu texto inaugural, Larry faz uma reflexão sobre os espaços undergrounds no Rio de Janeiro (mas que não difere de outras cidades brasileiras), convidando o leitor a pensar sobre a importância desses palcos no atual momento e como agir no pós-quarentena.

INJECTING DRUGS

TEXTO: Larry Antha
ARTE: Jorginho 
FOTOS: Divulgação
 

Foi com misto de honra e gratidão, que eu Larry Antha, recebi o convite para estrear esta coluna no Portal Rock Press. Eu, que, orgulhoso, por muitas vezes nos anos 90’s Larry_Antha_fotocorria os olhos nas bancas de jornal para encontrar a nova edição da Revista Rock Press, na qual tantos amigos e comparsas destilavam seus textos e opiniões sobre sons, discos e shows deste nosso pequeno grande mundinho, agora vou poder dar minha humilde contribuição. Para aqueles que não me conhecem, a pedido da redação do Portal Rock Press, segue um pequeno resumo de minha trajetória:
 
Fui vocalista da banda Sex Noise nos anos 90, lançando, entre demos e participações, dois CDs; a coletânea ‘Paredão’, pela EMI-Odeon, e o CD ‘Uno Palmo d’Lacraya’ pela Tamborete/DeckDisc. Em 2011, lancei pela Editora Multifoco meu primeiro livro: ‘Memórias não póstumas de um punk’. Elogiado pela crítica o livro foi resenhado na revista Rolling Stone, e na Folha de São Paulo pelo jornalista Álvaro Pereira Junior. A partir de 2012, passei a escrever em média, um livro a cada dois anos (conheça aqui!). Nesse meio tempo participei do projeto 100Tauro 100Tado que lançou Banda_Katina_Surf_do_Rio_de_Janeiromeu álbum pela Caravela/Warner. Voltei à cena na banda LoveJoy que deu origem à BlastFemme e à Katina Surf, minha nova banda. No final de 2018, recebi dois prêmios literários do Ministério da Cultura sobre o Bicentenário de Independência do Brasil, com os textos inéditos “Elucubrações Vazias” e “O Ladrão e o Jurista”. Enquanto isso, a Katina Surf (foto) que estava gravando seu disco antes da pandemia, lançou os singles “Gangue da Mostarda”, “Livre pra encontrar uma nova ilusão”, e “Pá pá pá (do vazio)”. Finalizando, apresento toda sexta-feira às 17h,  o programa Novo Velho Punk, pela Cabare Radio!

TÁ LIGADO? (reflexões feitas antes da pandemia)
Larry Antha

Tornou-se comum nos dias de hoje, as novidades surgirem tão rápido quanto desaparecem. E no Rio de Janeiro não é diferente. Veja o exemplo das casas de shows e espaços alternativos. Recentemente, o Teatro Odisseia, tradicional casa de eventos de médio porte da Lapa, mudou de donos e de nome para Espaço Kubrick. O mesmo aconteceu com o Coletivo Machina que abrigava as mais badaladas festas da cidade como Machina do Soul, Festival Abraxas, Bolacha Psicodélica, Quinta dos Infernos, Festival Mulher e Artes, entre outros, que agora atende pelo nome MDM 82 Estúdio, e reduziu a quase zero o número de eventos, passando a ser somente estúdio de ensaios e gravações. Já o também badalado Aparelho na Praça Tiradentes que abrigou concorridos shows dos lendários Patife Band, e dos aclamados Boogarins, Oruã e Tantao & Os Fitas, entre outros, sendo também de grande importância para urgente cena Eletrônica-Experimental de No-Wave da cidade, mudou de nome pouco antes da pandemia, e agora se chama Casa Subversa. E no rastro dos espaços que deixam de existir ou dão uma pausa vão surgindo outros lugares da moda como o Desvio, que faz o Oba-Oba da galera hipster que curte som eletrônico e não faz aulas na Escola de Musica Villa-Lobos, mesmo o espaço sendo em sua frente. Seguindo também a mesma linha hipster, acontece esporadicamente o tradicional Leilão do Gi na Void General Store do Flamengo, com shows acústicos e DJs. Enquanto isso, em Ipanema, a La Cucaracha continua barbarizando a vizinhança com seus lançamentos enfumaçados/badalados de HQs e Livros ligados à cena alternativa.
 
Outro novo espaço, este em Santa Teresa, é o Fosso que também faz a linha música Experimental Rock No-Wave em meio a badalados happenings com exposições de artistas plásticos. E recentemente, um pouco seguindo esta tendência de happening surgiram a Blê Galeria, em Botafogo, com shows e exposições, e também o Espaço Nix, na Lapa que abriga saraus de poesia, além de inserções musicais. Por fim, correndo na contramão de tudo e seguindo firme e forte, está o estúdio Audio Rebel, em Botafogo, com seus shows e eventos que abrangem desde bandas underground a artistas de vanguarda, e a Baratos da Ribeiro, o simpático sebo que mudou de Copacabana para Botafogo, continua fazendo seus discretos eventos, e recentemente virou selo musical. E o Escritório Transfusão Noise, na Praça Tiradentes, que continua na vanguarda da cena carioca, gravando novos artistas e fazendo os eventos mais conceituais da cidade. Nessa dança das cadeiras, fica evidente, que nem todo mundo, sabe do que rola na ainda movimentada cena carioca, que para muitos ficou relegada ao lendário Garage na Praça da Bandeira, e lugares extintos como O Ballroom, em Botafogo.
 
É preciso (logo assim que a pandemia passar) sair e estar na noite para ficar sabendo do que rola. Os lugares mudam, as pessoas mudam e a cena muda, mas a vontade de se expressar nunca vai deixar de existir. Tá ligado?  - Larry Antha

COLABORE COM AS CAMPANHAS EM PROL DOS ESPAÇOS UNDERGROUNDS NO RIO DE JANEIRO:
Casa Subversa: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/vida-longa-a-casa-subversa 
Audio Rebel: https://bit.ly/3eQejC3
 

Contatos LARRY ANTHA:
Programa O Novo Velho Punk: 
https://cabareradio.com.br/
BANDA KATINA SURF:
Bandcamp:
 https://katinasurf.bandcamp.com/
Soundcloud: https://soundcloud.com/katinasurf
Facebook: https://www.facebook.com/katinaSurf/
Instagram: https://www.instagram.com/katinasurf/?igshid=594owrd5bg4
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCGSQGlknQvFz3uDQYJWzZKw
Livros de autoria de Larry Antha, COMPRE AQUI!

 

CONTATO ROCK PRESS: 

Envie news e sugestões de pautas da sua banda, selo, fanzine, HQ, gravadora, editora, livro, distro, arte, produtora de show e evento, cinema, cultura alternativa e Underground em geral. A/C: MICHAEL MENESES - michaelmeneses@portalrockpress.com.br 
 

Envio material físico das suas bandas, zine, livro, filme e demais produções para:

PORTAL ROCK PRESS:
CAIXA POSTAL: 30443
Rio de Janeiro/RJ - Brasil
CEP: 21351 - 970

TWITTER:
 https://twitter.com/portalrockpress
FACEBOOK: https://www.facebook.com/portalrockpress
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/portalrockpress/

 

Comments

Comments are closed on this post.