CHRISTIAN PIERINI – Reciclando a Arte e perpetuando a História! - ENTREVISTA

Músico e artista plástico revela parceria com o deputado federal Marcelo Freixo em prol da Lona Cultural de Campo Grande/RJ!

Sinônimo de resistência cultural, as Lonas Culturais ajudam a escrever a história da música e da cultura do Christian_Pierinisubúrbio na Cidade Maravilhosa! A Mãe de todas as Lonas é a Lona Cultural Elza Osborne em Campo Grande, na Zona Oeste Carioca. Apesar de seu pioneirismo, a mesma vem há anos sendo esquecida pelo poder público. A Coluna 1, 2, 3, 4... conversou com o músico, artista plástico e produtor, Christian Pierini que nos revelou que dias melhores estão por vir, graças a uma parceria com a FAPUR por meio de uma Emenda Parlamentar do Deputado Federal Marcelo Freixo (PSOL/RJ). Com essa esperança para a Lona de Campo Grande, Christian já fala em uma edição especial de 30 anos do Arena do Heavy. Na entrevista, o artista também falou das suas artes utilizando material reciclável e do futuro álbum com composições autorais da Black Dog.
 

CHRISTIAN PIERINI – Reciclando a Arte e perpetuando a História!

ENTREVISTA – Michael Meneses
FOTOS – Renata Seabra e Divulgação
ARTES: Christian Pierini

Black_Dog_com_Christian_Pierini_na_Lona_de_Campo_Grande_RJ_FOTO_Renata_Seabra

Se você viveu o Rock do subúrbio carioca do final da década de 1980 e início dos anos 1990, em especial o Heavy Metal produzido no bairro de Campo Grande, na Zona Christian_PieriniOeste do Rio de Janeiro, você deve ter tomado conhecimento de bandas como Blasted, Blockhead, que deixaram seu registro na coletânea “Headline Colletion 1”. Se você frequentou os shows de Rock na região, deve ter marcado presença em alguma edição do Arena do Heavy, evento que neste em 2020, completa 30 anos.

Agora, se sua vivência no Rock começou no milênio atual, certamente já o assistiu atuando como guitarrista da Noma (projeto cover especializada de grunge do final dos anos 1990 e primeira metade dos anos 2000) ou como baterista da banda Black Dog (especializada em Led Zepellin, Deep Purple e Black Sabbath). Ou ainda, como guitarrista da Sex Noise, em meados dos anos 2000. Também vale destacar que foi entre um milênio e outro que o músico tocou em seu trabalho mais virtuoso, o Rock Progressivo do Cactus Peyotes.

Sim, estamos falando do músico e produtor (de atitude!) e artista plástico, Christian Chris_Cornell_3D_portrait_Por_Christian_PieriniPierini, que em seus trabalhos com artes visuais utiliza material eletrônico que iria para o lixo, fruto do aprendizado ao lado do também artista plástico Vik Muniz. Nesse trabalho, Christian, retrata os rostos de grandes nomes da música, artes, ciência, política, personagens dos quadrinhos, entre os quais, Dita Von Teese, Ghandi, Lula, Tim Maia, Chris Cornell, Jimmy Page, Hendrix, Stan Lee, Salvador Dali, Michael Jackson, e como resultado ele vem sendo reconhecido no Brasil e em outras partes do mundo. Conheça sua linha de produção neste vídeo aqui! 

Christian Pierini não atua só na música e nas artes visuais, ele também administra as atividades da Lona Cultural Elza Osborne em Campo Grande ao lado do seu pai, o Sr. Ives Macena (que nos anos 1960 integrou no grupo baiano The Fox) e do seu irmão Ives Pierini (com quem tocou no Blasted, Blockhead, Cactus Peyotes e atualmente na Black Dog e na FIC Trio). Falando em atuar, ao longo dos anos, Christian já esteve no elenco de peças de teatro.

Parceria entre o Deputado Federal Marcelo Freixo e a Lona de Campo Grande!

Eddie_Vedder_3D_portrait_Por_Christian_PieriniAs atividades da Lona Cultural de Campo Grande envolvem cursos, oficinas de artes, teatro, música, dança, cinema, literatura e promovem variados espetáculos na região, como contamos em nossa matéria sobre a última edição do Arena do Heavy em 2018 (LEIA AQUI). A Lona Cultural de Campo Grande é um espaço cultural fundamental para a zona oeste do Rio de Janeiro, assim como as Lonas de Bangu, Realengo, Santa Cruz, Anchieta, Guadalupe, Maré, entre outras que levam arte e cultura ao subúrbio carioca.

Contudo, nos últimos anos as Lonas Culturais (algumas passaram a ser chamadas de Areninhas Cariocas há alguns anos) vivem esquecidas pelas últimas administrações do município do Rio de Janeiro. Porém, a esperança nos foi revelada pelo Christian Pierini na entrevista abaixo, ele nos contou que foi firmada uma parceria com a FAPUR  (Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica da Universidade Federal Rural do RJ), graças a uma iniciativa do suplente a vereador William Siri e a uma Emenda Parlamentar do Deputado Federal Marcelo Freixo (ambos do PSOL/RJ). “Somos muito gratos, pois a Lona já estava no limite de depreciação de sua estrutura, o que ameaçava interromper nosso projeto de inclusão e acessibilidade cultural”. Manifesta-se Christian na entrevista que segue:

1 – Michael Meneses / Rock Press: Muita gente lhe conhece como baterista da Black Dog ou guitarrista de outras tantas bandas. Mas, nem todos associam o Christian músico com o Christian artista plástico. Fale um pouco desse seu outro dom...
Sex_Noise_com_Christian_no_Teatro_Odisseia_RJChristian Pierini - 
Em primeiro lugar gostaria de mandar um abraço para todos os leitores da Rock Press e amantes do Rock ‘n’ Roll. Michael, eu não costumo encarar estas atividades artísticas como um dom, porque dá um ar místico a elas. É uma atividade como outra qualquer, que depende de estudo, pesquisa e dedicação. No meu caso, acho que foi coisa de DNA e tem muito a ver com a educação e com o meio em que cresci. Meus pais sempre tiveram envolvimento com o meio artístico, minha mãe, Regina Pierini, era artista plástica, atriz, poetiza dentre outras tantas atividades que exercia e veio de uma família que praticamente todos os irmãos eram artistas plásticos e músicos. Meu pai, Ives Macena, era cantor na Bahia, onde conheceu minha mãe e também produzia os eventos musicais em sua cidade Natal, Milagres na Bahia, além de trabalhar posteriormente na área de audiovisual aqui no Rio e ser o criador do projeto piloto que hoje é conhecido como Lonas Culturais. Quando dei por mim, já estava inserido neste ambiente. Logo na infância eu já declamava poesias em eventos, na adolescência já participava de peças teatrais como ator e sonoplasta e também gostava muito de desenhar. Principalmente copiar capas do Iron Maiden. Na mesma época, por influência do meu irmão Ives Pierini, comecei a tocar guitarra e mais tarde bateria. Depois de trabalhar por anos na área, quando resolvi fazer uma graduação, notei que os testes de habilidade específica para os cursos de música eram muito complexos e optei pelo plano B, que foi ingressar no curso de Belas Artes. Após me formar, fui convidado para trabalhar no estúdio do mega astro das artes visuais: Vik Muniz e daí para frente a coisa foi tomando corpo.

2 - Rock Press - Suas artes fazem uso de material reciclável, bem como o chamado lixo tecnológico. Comente sua opção ecologicamente correta.
Christian Pierini - Como citei anteriormente, trabalhei como desenhista assistente no estúdio do Vik, artista Kurt_Cobain_3D_portrait_Por_Christian_Pierinique já trabalhava esta questão do lixo em suas obras (vide o sucesso do filme Lixo Extraordinário que foi indicado ao Oscar de Melhor Documentário em 2011). Quando eu comecei meu trabalho autoral em artes, queria fazer algo relacionado com música e tecnologia e me atualizei sobre a questão da obsolescência programada pela indústria e da imensa poluição resultante dos descartes de eletrônicos. Vi na ocasião que nenhum artista tratava deste assunto especificamente e uni o útil ao agradável. Como eu trabalho em uma casa de shows, espetáculos e estúdios sonoros há muitos anos, dispunha de muito material de áudio obsoleto e resolvi retratar os ícones da música que eu admirava com este material. Com este trabalho eu tento alertar as pessoas para o consumo exagerado, para o perigo do descarte do lixo eletrônico no meio ambiente e também promovo a memória cultural destes ícones, que também estão se tornando obsoletos e esquecidos pelo mercado.

3 - Rock Press - No underground carioca, você tocou guitarra em bandas como Blasted, Blockhead, Cactus Peyotes e Sex Noise. Hoje você toca bateria na Black Dog que há alguns anos chegou a desenvolver um virtuoso trabalho autoral. Como andam os sons autorais da Black Dog?
Banda_Black_Dog_FOTO_DivulgaçãoChristian Pierini - 
Todos nós, integrantes do Black Dog (foto), trabalhamos com música quase que full time. Em 2001, a banda lançou um EP autoral, mas com o decorrer dos anos acabamos nos dedicando somente ao trabalho de interpretar músicas do Led Zeppelin e deixamos o “nosso” trabalho de lado. A maioria das pessoas que opta por apenas trabalhar com música autoral no underground tem outras atividades no mercado de trabalho e muitos exercem a música como hobby nos horários de folga. No Brasil, a pessoa que só vive de música, forçosamente, acaba atuando no mercado como intérprete de músicas de artistas consagrados, porque o mercado não Jimmy_Page_3D_portrait_Por_Christian_Pierinivaloriza o trabalho de novos compositores e também abomina o novo, acredite. Agora, depois de nos estabelecermos com o nosso trabalho tocando Led Zeppelin, resolvemos nos dedicar novamente ao trabalho autoral. Nosso vocalista Fernando Barreto é um grande compositor e “sacou da manga” umas vinte e tantas composições que fez no decorrer desses anos. Nós escolhemos 13 destas músicas para compor nosso novo álbum que está em fase de gravação. Devemos lançar este ano ainda. As músicas do Fernando são incríveis e estamos dando uma roupagem aos arranjos, com influência de cada integrante e prometemos agradar e surpreender nossos fãs. As músicas têm influência de Led, Purple e Sabbath notoriamente, mas trazem outros toques que vão desde as “rock ballads” até pitadas de rock progressivo e fusion.

4 - Rock Press - Você é um dos responsáveis pela Lona Cultural Elza Osborne em Campo Grande na Zona Oeste Carioca. O ano de 2020 marca 30 anos da primeira edição do Arena do Heavy. Pelo subúrbio do Rio, já se fala em uma nova edição do evento que marcou época. No entanto, a Lona Cultural segue esquecida pelo poder público. Podemos esperar por uma edição de 30 Anos do Arena do Heavy e por melhorias na estrutura da Lona por parte dos órgãos públicos?
Christian Pierini - 
A Lona Cultural segue seu trabalho de inclusão cultural desde 1993 de forma exemplar. Tivemos o recorde de público dos espaços da rede municipal de Arena_do_Heavy_Lona_Cultural_de_Campo_Grande_RJteatros por vários anos consecutivos e trabalhamos em um projeto inovador em parceria com a saúde mental. Em termos de estrutura, estamos esquecidos pelos poderes públicos. Pleiteamos uma reforma estrutural por vários mandatos e até hoje não fomos contemplados. A justificativa sempre foi de sermos um espaço de interesse público, porém privado. Por este motivo sempre tivemos dificuldade em conseguir melhorias no nosso espaço que é a primeira Lona Cultural da cidade do Rio de Janeiro. Em 2019, firmamos uma parceria com a FAPUR, fundação que desenvolve projetos de apoio a tecnologia na UFRRJ (Rural). Essa parceria resultou na promessa de reforma da estrutura da Lona (aplicação de termo telhas) e também de nossos banheiros que foram construídos na década de 1950. A FAPUR está apadrinhando nosso espaço por meio de uma Emenda Parlamentar disponibilizada pelo Deputado Federal Marcelo Freixo (N. do autor: Veja post sobre a pauta no facebook do Marcelo Freixo: AQUI!) através de iniciativa do Wiliam Siri. Somos muito gratos por isso, pois a Lona já estava no limite de depreciação de sua estrutura, o que ameaçava interromper nosso projeto de inclusão e acessibilidade cultural. Após esta melhoria, com a lona com tratamento acústico e térmico renovados, pretendemos fazer uma edição histórica de 30 anos do Arena do Heavy, Festival de Heavy Metal pioneiro na Zona Oeste e que foi precursor de toda uma cena de bandas do estilo em nossa região. Você sabe bem disto, porque você faz parte desta história. Te digo que 2020 promete!

5 - Rock Press - Quais seus projetos artísticos para 2020, e, por favor, deixe seu recado aos leitores da Rock Press...
Christian Pierini -
 Além do Arena do Heavy e o lançamento do trabalho Jimi_Hendrix_3D_portrait_Por_Christian_Pieriniautoral do Black Dog, sigo com meu trabalho em artes visuais. Este ano pretendo criar um núcleo coletivo da área, que é carente de espaços e de organização em Campo Grande. A ideia é fazer um evento anual voltado para as artes visuais. Para dar um start neste projeto, começo em fevereiro uma oficina gratuita de desenho de observação e modelo vivo formato “aulão”, no intuito de reunir além de desenhistas iniciantes, artistas já “cascudos” para a troca de saberes e para criar uma estrutura coesa para esta mostra anual. Estão todos convidados, quem já desenha e quem quer aprender a desenhar. Gostaria de parabenizar a todos da Rock Press, tanto os responsáveis como os leitores. Vamos valorizar e prestigiar quem fomenta a cena para que o Rock resista firme e forte na terra do Funk.

Ficaremos na torcida, na cobrança e na luta...

A Rock Press e o seu editor e fotojornalista Michael Meneses, torcem para que a parceria com a FAPUR, com Vereador Suplente Willian Siri e com o Deputado Federal Marcelo Freixo, venha a render frutos, afinal é um espaço a cultural de tamanha importância para a arte, não apenas para o subúrbio carioca, mas para o Estado do Rio de Janeiro, que é palco de atrações nacionais e internacionais e não pode ficar esquecida pelo poder público. Aos nossos leitores, assim como aos moradores do Rio de Janeiro, vale muito acreditar e levantar a bandeira dessa luta, afinal ela é de todos. E que venham dias melhores para a Lona Cultural Elza Osborne e demais Lonas Culturais do município do Rio, às quais sempre estamos presentes. Essa é uma luta que #Recomendamos! – Michael Meneses!

Christian Pierini nas Redes Sociais: 
INSTRAGAM:
https://www.instagram.com/chris_tianpierini/
FACEBOOK: https://www.facebook.com/christianpieriniart
YOUTUBE: https://www.youtube.com/channel/UCTkq5qJUXnHCD7ZJafxUWQA
BANDA BLACK DOG: https://www.facebook.com/blackdogbrazilband/
PROGRAMAÇÃO DA LONA CULTURAL DE CAMPO GRANDE - RJ/RJ: https://www.facebook.com/lonaculturaldecg/

 

CONTATO COM A ROCK PRESS: http://www.portalrockpress.com.br/contato

Portal Rock Press