THE MIST: A volta da neblina ao Rio de Janeiro depois de uma longa espera!

Musicalmente, 2019 será lembrado como o ano em que o som pesado voltou com força ao subúrbio do Rio de Janeiro. The_Mist_FOTO_Michael_MenesesNão que o rock tenha ficado longe da periferia carioca em outros anos, mas a região, tem abrigado excelentes shows. Um deles, foi a apresentação dos mineiros do The Mist, que retornou ao Rio para (mais) um show inesquecível e dividindo palco da Areninha Carioca Hermeto Paschoal (Lona de Bangu) com as cariocas As Dramatic Homage, Hicsos e Enterro. O próximo evento de peso (no mesmo palco) será com as bandas paulistas Attomica e Eskrota em evento em prol dos animais (dia 21/12) e os ingressos estão à venda! Agora, saiba como foi o The Mist in Rio na matéria que segue...

THE MIST: A volta da neblina ao Rio de Janeiro depois de uma longa espera!

As Dramatic Homage + Hicsos + Enterro + The Mist
Areninha Carioca Hermeto Paschoal - (Lona de Bangu) - RJ/RJ
2 de Novembro de 2019
TEXTO: Jonildo Dacyony
FOTOS: Michael Meneses

The_Mist_FOTO_Michael_Meneses

Em uma noite abafada como esta, no já longínquo ano de 1993, alguns amigos e eu nos dirigimos à Lona Cultural. Porém, na ocasião, era outra lona, também na zona oeste do RJ,The_Mist_FOTO_Michael_Meneses mas, no bairro de Campo Grande, onde sempre morei. Fomos para assistir àquela que havia se tornado, em pouco mais de dois anos, uma de minhas bandas de Metal preferidas: The Mist. Aquilo para mim era um sonho, tão empolgante quanto qualquer banda gringa que viesse tocar no Brasil. Afinal, os caras tocariam próximo à minha casa. Foi um show memorável!

Na primeira metade da década de 1990, a realidade do país e consequentemente do cenário underground eram muito diferentes de hoje, sem internet e sem a facilidade de conseguir material, nos considerávamos "guerreiros" porque acordávamos cedo nos finais de semana para irmos até às lojas especializadas do outro lado da cidade. Por isso, me vangloriava de, entre outras coisas, possuir os dois álbuns lançados até então pelos meus ídolos das Minas Gerais, além de uma camiseta oficial do álbum Phantasmagoria!

Coincidência ou não, é justamente a celebração dos 30 anos desse que foi primeiro álbum da banda, que marca essa turnê de reunião e o retorno à cidade, após mais de duas décadas. A Scarecrow Tour XXI traz três dos membros da formação clássica mais o talentosíssimo baixista Wallace Ribeiro e apresenta canções dos dois primeiros álbuns, setlist bem parecido com o da primeira apresentação do grupo no Rio de Janeiro, no antológico show da The Hangman Tour, em 1992, no lendário (e único) Garage Art Cult.

Para uma noite como esta, a Be Magic Produções, em parceria com as produtoras do Rato no Rio, Heavy Drink e Caos Fest prepararam algo especial, um cast com bandas que, sem dúvida, figuram entre as mais batalhadoras da cena: Enterro, Hicsos e As Dramatic Homage. O evento foi chamado de Caos and Majik Drink Fest - Rato no Rio e o local escolhido não poderia ser mais representativo: a famosa Lona de Bangu, agora denominada Areninha Carioca Hermeto Paschoal, que assim como aquela que abrigou a primeira passagem do The Mist na Zona Oeste Carioca, a co-irmã Lona de Campo Grande (ou Teatro de Arena Elza Osborne), também possui uma história de tradição junto ao underground do Rio, e por que não dizer, do Brasil?

Cheguei ao local, por volta das 19h30 e a galera já começava a marcar presença, porém ainda de forma tímida. Apesar de ser feriado, a casa demorou a encher, talvez pela tradição de os eventos começarem um pouco mais tarde, o que não foi o caso, pois como já foi falado aqui na Rock Press em outras resenhas com essa produção pontualidade é um dos seus diferenciais.

As_Dramatic_Homage_FOTO_Michael_Meneses

AS DRAMATIC HOMAGE -As_Dramatic_Homage_FOTO_Michael_Meneses A primeira banda da noite apresentou uma proposta musical que alterna elementos de Doom Metal, Death Metal, Progressivo e mais uma série de variações. O grupo, que já tem 20 anos de estrada se apresentou para um público que ainda estava chegando ao local. Apesar de alguns problemas no som que poderiam ter prejudicado a curta apresentação da banda, tudo transcorreu de forma tranquila, se é que se pode usar esse termo para a intensidade e agressividade apresentada por Alexandre Pontes e Cia. Destaque para “Consternation” (a primeira da noite e faixa título do último trabalho) e “Idyllic” (uma das melhores composições da banda). CONTATO!

Hicsos_FOTO_Michael_Meneses

HICSOS - Na década de 1990 quando o The Mist se apresentava no Rio de Janeiro em palcos como Garage, Lona CulturalHicsos_FOTO_Michael_Meneses de Campo Grande, Circo Voador e no Caverna II, o Hicsos, segunda banda a subir ao palco, era um nome promissor e já bastante atuante, aliás, o Hicsos também passou por esses palcos. Só para nos situarmos, hoje eles já está a caminho da terceira década em atividade. Recentemente, a banda lançou DVD que narra em documentário essa história (em breve resenha aqui na Rock Press). E não para por aí, o Hicsos continua incansável nessa árdua e às vezes inglória luta pela cena carioca e já prepara material novo. O show distribuiu "pedradas" como “Agony Sellers”, “Urban Scene” e o hino “Pátria Amada”, que encerrou a performance com uma singela homenagem a tudo quanto é parasita que infesta o país: políticos, empresários, pastores, veículos de mídia, etc. CONTATO!

Enterro_FOTO_Michael_Meneses

ENTERRO – Enterro_FOTO_Michael_MenesesEssa banda é uma daquelas que já nascem com pedigree. Formada por integrantes do Matanza, Uzomi, ColdBlood, Grave Desecrator e Misteriis. Os caras apresentaram sons como “Excommunicated”, “Earth & Worms” e teve direito a uma versão de “Bestial Devastation”, do Sepultura, que contou com a participação de Jairo Guedz (foto ao lado). Ao final, após os agradecimentos, um discurso pertinente sobre a luta para manter a cena underground viva no Rio de Janeiro foi feito por Kaffer (vocal e baixo)!" CONTATO! 

 

THE MIST – Neblina in Bangu!

The_Mist_FOTO_Michael_Meneses

O simpático e operário bairro de Bangu no subúrbio também tem fama de ser um dos mais quentes do Rio de Janeiro, mas enfim, era chegada a hora de reencontrar um The_Mist_FOTO_Michael_Menesesdos maiores nomes do Metal nacional depois de tanto tempo. Na plateia, era possível perceber que ali estavam pessoas de diferentes gerações e que, para muitos, o The Mist era uma experiência inédita. 

Após uma breve introdução, lá estavam, iniciando o que prometia ser mais umaThe_Mist_FOTO_Michael_Meneses apresentação para ficar marcada na memória dos heavys cariocas. Começaram com “Barbed Wired Land (At War)”, e seguiram com “Flying Saucers in the Sky” e “Phantasmagoria”, ambas do primeiro álbum. Depois vieram com “Peter Pan Against the World”, do The Hangman Tree, outra do disco de estreia: “Smiles”, “Tears and Chaos”, seguida de uma sequência do The Hangman: “Scarecrow”, “Hell Where Angels Live”, “My Life Is an Eternal Dark Room” e “My Pain”, para então tocar um dos seus maiores clássicos: “Hate”. A essa altura, o público já havia aderido ao mosh e aos stage dives, algo que inevitavelmente nos remete aos velhos tempos do underground no Rio.

The_Mist_FOTO_Michael_MenesesDepois, mais uma sequência do segundo álbum, com “The Hangman Tree – Epilogue”, “Falling Into My Inner Abyss” e “The Hangman Tree - Act One”, o gran finale foi com “Like a Bad Song” e o hino “The Enemy”.

É interessante notar que, diante da inegável presença de pessoas alinhadas com o pensamento fascista dentro do contexto Heavy Metal, bandas com histórias tão relevantes como as que se apresentaram nessa noite, façam questão de se posicionar contra esse tipo de mentalidade, e foi essa a atitude de Vladimir Korg, a exemplo do que fizeram os integrantes das bandas que subiram ao palco antes do The Mist,The_Mist_FOTO_Michael_Meneses ao manifestar seu pensamento em relação ao cenário político do país e de quebra, ainda mostrou indignação com o assassinato ainda não solucionado de Marielle Franco, provocando revolta em uma meia-dúzia de reaças que estavam na plateia, mas fazendo com que ele, Jairo Guedz, Cristiano Salles e Wesley Ribeiro fossem ovacionados pela maioria esmagadora do público presente. Inesquecível!

Em uma data, como o 2 de novembro, já tão carregada de simbolismos, por nele ser celebrado o dia dos mortos, fica marcado para o underground da Zona Oeste carioca também como uma das noites que, além de registrar o retorno de uma das bandas mais queridas do cenário metálico brasileiro, mostra que a música pesada aqui no subúrbio, na periferia, não tem nada de morta, ela resiste, ela vive! - Jonildo Dacyony.
 

Próximos shows na Areninha de Hermeto Pascoal de Bangu:

ATTOMICAATTOMICA_Rio_de_Janeiro_2019 (SP) + ESKROTA(SP) + FORKILL + NECROMANCER + NECROWAR + CALLAMITY
Evento beneficente, onde sua renda será revertida em prol de um projeto que abriga animais em situação de rua.
LOCAL:  Areninha de Hermeto Pascoal - Praça 1º de Maio S/Nº, Bangu – RJ/RJ - (21) 3463-4945
DATA: Sábado, 21 de dezembro de 2019 de 18h
INGRESSO ANTECIPADOS:
Nas Lojas:
UNDERGROUND ROCK WEAR - 
Rua Fonseca box 95, Bangu - Ao lado do Shopping Bangu – RJ/RJ.
REQUIEM ROCK STORE - Galeria B Box 170 - (ao lado da Rodoviária)  - Campo Grande RJ/RJ.
HEADBANGER - Lojas 213 e 214, R. Conde de Bonfim, 346 – Tijuca – RJ/RJ.
HARD AND HEAVY - R. Marquês de Abrantes, 177 - Loja 106 – Flamengo/RJ.
No local: Areninha carioca Hermeto Pascoal (Lona de Bangu).
EVENTO: https://www.facebook.com/events/718032581972946/
CLASSIFICAÇÃO: 14 anos.
PRODUÇÃO: Be Magic Produções, Rato no Rio, Heavy Drink e Caos Fest

FÚRIA Furia_Underground_Areninha_de_Bangu_RJUNDERGROUND
SHOWS:
 Uzomi + Hierarchical Punishment (Santos/SP) + Issos + Hexen Sabbat
DATA: Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 18hs.
LOCAL:  Areninha de Hermeto Pascoal -Praça 1º de Maio S/Nº, Bangu – RJ/RJ. - (21) 3463-4945
INGRESSO ANTECIPADOS:
Nas Lojas:
UNDERGROUND ROCK WEAR
 - Rua Fonseca box 95, Bangu - Ao lado do Shopping Bangu – RJ/RJ.
REQUIEM ROCK STORE - Galeria B Box 170 - (ao lado da Rodoviária)  - Campo Grande RJ/RJ.
No local: Areninha carioca Hermeto Pascoal (Lona de Bangu)
CLASSIFICAÇÃO: 16 anos.
PRODUÇÃO: Porão Produções Underground

 


TAURUS + AZUL LIMÃO + FORKILL + CALLAMITY
DATA:
 Sábado, 8 de fevereiro de 2020 de 17h
LOCAL:  Areninha de Hermeto Pascoal -Praça 1º de Maio S/Nº, Bangu
EVENTO: https://www.facebook.com/events/485004862254323/
CLASSIFICAÇÃO: 14 anos
PRODUÇÃO: Be Magic Produções, Rato no Rio, Heavy Drink e Caos Fest

 

Portal Rock Press