Rio Novo Rock comemorou o Dia Mundial do Rock com Mosh e Emoção!

A edição comemorativa pelo Dia Mundial do Rock do Rio Novo Rock no Imperator contou com a abertura da exposição "O Despertar do Tempo" que conta a história Menores Atos Rio Novo Rock Julho 2018 FOTO PAULAdesses quatro anos de evento. No palco, shows com Pretty Babies, Meu Funeral e Menores Atos, já nos intervalos o publico foi brindado com o lendário DJ José Roberto Mahr e as projeções dos VJs Photon Duo.

Rio Novo Rock comemorou o Dia Mundial do Rock com Mosh e Emoção!
Imperator - Centro Cultural João Nogueira - 13 de julho 2018
TEXTO e FOTOS: Paula Puga e Michael Meneses

Chegando ao Imperator era nítido o clima de boas vibrações da galera, era um prenuncio da energia vinda do segundo andar do espaço que também atende por Centro Cultural João Nogueira, onde ocorria o lançamento da exposição "O Despertar do Tempo" que conta a história dos quatro anos de Rio Novo Rock. Um pouco do que as dezenas de bandas que por lá passaram, vídeos de entrevistas, fotos, linha do tempo com marcos históricos desse festival que mostra que quando se quer fazer algo inovador e bem feito é possível. Nostálgico, porem sempre novo e atual. A exposição continua aberta ao publico, a entrada é gratuitaPretty Babies Rio Novo Rock 13 7 2018 FOTO Michael Meneses e vale muito conferir todo esse legado, que certamente será lembrado com muito carinho por quem está vivendo tudo isso. 

Pretty Babies Rio Novo Rock Julho 2018 FOTO PAULAOs Shows...
Pretty Babies foi a primeira banda a se apresentar. Subiram ao palco com visual que parece ter vindo dos anos 50/60, a sonoridade também tem uma pegada vintage, influencias setentistas presentes, mas é possível perceber referências com sonoridades mais atuais, como do Arctic Monkeys. Vale destacar a pressão de Lucas Leão (batera), que juntamente com Paulo Emmery (baixo) integrante a banda Beach Combers.  O público não se animou tanto e o ambiente ainda não estava tão cheio. Mas a experiência foi divertida e valeu a pena. Um excelente show. 
 

A segunda banda foi a Meu Funeral, que é uma banda de hardcore com letras críticas, mas sem perder o bom humor, uma influencia direta do Matanza eMEU FUNERAL Rio Novo Rock 13 7 2018 FOTO Michael Meneses dos Meu Funeral Rio Novo Rock Julho 2018 FOTO PAULA PUGARaimundos (sem sotaque). Despojado, criativo e brincalhão. Lucas Araújo, vocalista, brincou diversas vezes com a plateia, que reagiu muito bem e retornou com moshs, rodas punks e risadas também, aliás Lucas Araujo falou até demais para uma banda de HC. Dois fatos chamaram a atenção: um deles foi o vocalista Lucas falando para a galera deixar as mulheres participarem da roda e outro momento foi o final da apresentação, onde apareceram três bailarinas acompanhando dançando ao lado dos músicos. 
 

ComMENORES ATOS Rio Novo Rock 13 7 2018 FOTO Michael Meneses o Imperator aquecido, o power trio Menores Atos, deu o ar de sua graça e se os shows de abertura cMenores Atos Rio Novo Rock Julho 2018 FOTO PAULA PUGAontaram com bandas quase estreantes na cena rock carioca, o Menores Atos era o veterano no palco do Rio Novo Rock e comparando aos shows anteriores no Imperator, a banda mostrou evolução, especialmente pelo fato que uma das características principais nos shows da Menores Atos é a intensidade e talvez essa seja a palavra que defina melhor a banda. Logo na primeira música, pessoas chorado e cantando a plenos pulmões. E assim foi durante todo set, com as músicas do novo álbum, intitulado “Lapso”, na ponta da língua do público, provando que a banda construiu uma legião de seguidores na cena carioca e nem pareciam uma banda que Menores Atos FOTO Paula Pugase criou no Underground e sim um nome pronto para voos “Maiores e Altos”.

História e diversão… Assim foi a edição Rio Novo Rock no Dia Mundial do Rock. Mas, o que esperar do novo formato? Seja como for que venha, pois aguardamos com carinho e reconhecimento. – Paula Puga e Michael Meneses.

Portal Rock Press