Red Hot Chilli Peppers - Venceu, mas não Convenceu!

Como quem estuda para passar, assim foi o show do Red Hot Chilli Peppers e que encerrou o Rock in Rio 2017. Não foi Rock in Rio Red Hot Chilli Peppers_Eugenio Laurenzano_Estaciouma aprovação espetacular, se comparado com outras passagens da banda pelo Brasil, também não chegou a ser reprovável como em 2001. A banda simplesmente fez o dever de casa, agradou ao povão, mas não aos fãs mais exigentes e antigos!


“Red Hot Chilli Peppers - Venceu, mas não Convenceu!”
Rock in Rio - 24/09/2017
Texto por: Michael Meneses / Fotos por: Eugenio Laurenzano/Estacio


 

Rock in Rio Red Hot Chilli Pepers_Eugenio Laurenzano_Estacio

Foi um show curto, repletos de hits, mas com a ausência de outros tantos sons, o que deixou a desejar, sobretudo por dois motivos:
1 - Sempre se espera algo fenomenal de um show de encerramento do Rock in Rio.
2 – Era o Red Hot Chilli Peppers, uma banda que desde sempre, teve a fama de fazer apresentações explosivas e cheias de energia.

Quem assistiu a shows como no Hollywood Rock em 1993, Rock in Rio 2011 e Circuito Banco do Brasil em 2015 só para citar alguns, há de reconhecer bem isso. Claro, que o show não foi tão fraco como no encerramento do Rock in Rio 2001. Alias, será isso? Será que o Red Hot é tipo aquele time de futebol que faz boa campanha durante o campeonato, cria toda aquela expectativa na torcida e na hora da final perde o título!? Preferimos pensar que não, que tudo é uma questão de coincidência, que bons shows vão acontecer, até porque a banda já esteve outras vezes no Brasil e no geral o saldo é positivo! 

Rock in Rio Red Hot Chilli Pepers_Eugenio Laurenzano_EstacioO show começou sem muita enrolação, algo até um tanto underground, simplesmente começou com Flea abusando do seu talento com o baixo, o que já valeu de introdução para “Can’t Stop”, que veio de forma explosiva, dando a impressão que o show seria épico, mas aos poucos o ritmo foi caindo e a esperança de um show arrasa quarteirão foi indo embora como num típico final de festa. Contudo diante de 100 Mil pessoas nem tudo vieram a soar como um copo de cerveja quente em final de festa, o instrumental da banda estava perfeito, o batera Chad Smith é foi uma das prova e mesmo que o vocalista Anthony Kiedis não estivesse 100% no pique não fez feio! 

Porém, afinal com a banda tocando com o publico ao seu favor, o que deu errado? O erro principal foi Set-List muito curto, certamente cabiam no mínimo mais uns cinco sons, incluindo a clássica e sempre animada versão para “Higher Ground” do Stevie Wonder, um som que consegue agitar “Gregos e Troianos”, pois se a banda tocou “I Wanna Be Your Dog” do The Stooges que sempre agrada aos fãs “Old School”, mas deixa os fãs radiofônicos com questionando de; “Que som é esse!?” Por que não tocar “Higher Ground”?. Além desse, outro clássico que não pode faltar e que ficou de fora foi “Suck My Kiss”, Lamentável! Rock in Rio Dia 24_Red Hot Chilli Peppers_Eugenio Laurenzano_Estacio

Durante vários pontos do show na base do improviso os músicos brincavam no palco, tal brincadeira rendeu bons momentos, era algo livre, solto e que prova o quanto à banda é composta por excelentes músicos, assim como a essência apimentada da banda foi fundamental para influenciar o rock pós anos 80. Outro ponto positivo foi à banda tá com o publico ao seu favor, momentos como “Californication” e “By The Way” com todos pulando e cantando juntos com a banda era de fato espetacular, algo bom e bonito de se ver e ouvir. Outro momento bacana e que se tronou uma tradição em shows do Red Hot no Brasil são citações de sons clássicos da MPB, conduzidos pelo guitarrista Josh Klinghoffer e que valem como introduções para alguma música da banda, em 2015 durante o Circuito Banco do Brasil ele dedilhou “Irene” do álbum “1969” de Caetano Veloso, agora o dedilhado da vez foi “Menina Mulher da Pele Preta” do clássico “Tabua de Esmeralda” do Jorge Ben que introduziu “Under The Bridge”. Claro que em meio àquela massa essa observação é para poucos.

Rock in Rio Dia 24_Red Hot Chilli Peppers_Eugenio Laurenzano_EstacioO bis veio com “Goodbye Angels” e “Give It Away”, encerrando o show (e o Rock in Rio 2017). Logo o clima de final de campeonato reinava na cidade do rock entre fãs radiofônicos comemorando um título e os fãs Old School do Red Hot Chilli Peppers com aquele gostinho de quero mais! – Michael Meneses – michaelmeneses@portalrockpress.com.br

Postado por Michael Meneses terça-feira, 17 de outubro de 2017 15:25:00 Categories: Caetano Veloso Circuito Banco do Brasil Destaque Hollywood Rock Jorge Ben Red Hot Chilli Peppers Rock in Rio Rock in Rio 2017 Stevie Wonder The Stooges
Portal Rock Press