Noite Quente - CJ Ramone in Rio! - Teatro Odisseia/RJ - 14/11/2018

Em noite punk no odisséia, CJ Ramone saúda os fãs de ontem e hoje. CJ_Ramone_in_RJ_14_11_2018_FOTO_Edy_R_MonteiroCom show bem dividido entre seu repertório e os clássicos dos Ramones, CJ agradou em cheio aos fãs, encaixando uma música atrás da outra, mostrando que aprendeu com os melhores. De triste apenas o forte calor na cidade do Rio de Janeiro que chegou a desmaiar CJ Ramone em pleno palco o que interrompeu a apresentação precocemente. As bandas Repressão Social, DOPS, Situation Nine, Filhos de Inácio e o Pacto Social também marcaram presença no palco do Teatro Odisseia. Destaque também para o set de despedida do DJ Wesley Snayps que depois de discotecar em diversos eventos agora parte para novos projetos.

 

 

NOITE QUENTE - CJ RAMONE IN RIO!
TEXTO e FOTOS Edy R Monteiro
Teatro Odisseia – RJ/RJ - 14/11/2018
TEXTO e FOTOS: Edy R Monteiro

Existem nomes impossíveis de não trazerem uma carga de saudosismo quando citados, Ramones é um destes. A impressão punk no mundo iniciada por eles é enorme, onde sua música de forma alguma fica datada. Novos fãs se identificam com as mesmas mensagens que chamaram a atenção para a banda nos anos 1970.

As bandas Repressão Social (RJ), DOPS (MG), Situation Nine, Filhos de Inácio (SP) fizeram os shows de abertura e coube a lendária banda carioca Pacto Social encerrar a noite com Wladimir seguindo firme com sua militância punk, no cenário carioca e nacional... "Hasta la lucha... Viva...!!!" E justiça seja feita, essas bandas escrevem seus nomes na história do Punk-Rock nacional e são merecedoras de vitórias.

A noite também marcou pela última apresentação do DJ Wesley Snayps que após discotercar em diversos shows e festas pela noite carioca, fez seu set final. Na ocasião, tocou clássicos do Punk-Rock, encerrando seus serviços com estilo, tendo em vista que é um grande fã dos Ramones. Desejamos boa sorte ao amigo em seus novos projetos.

CJ_Ramone_in_RJ_14_11_2018_FOTO_Edy_R_MonteiroO show inicia com “Let's Go”, trazendo o público a agitar já com seu repertório próprio. Sem respirar vem a primeira dos Ramones, “The Crusher”. A partir daí muitos na pista fazem regressão espiritual ao Canecão em 92, na primeira aparição lendária dos Ramones por terras cariocas. 

A banda extremamente afiada, e a autenticidade de CJ evitam que o show seja um cover pasteurizado. A presença de palco que o fez ser escolhido para substituir Dee Dee Ramone, permanece presente, e suas versões funcionam muito bem. CJ está mais do que permitido a manter o sobrenome.

Infelizmente a apresentação até então irretocável, tem um fim inesperado. O Teatro Odisseia que encontrava-se fervendo, teve como acréscimo o Rio de Janeiro em dia de verão (em meio a uma primavera). O calor era insuportável, e somado a emoção foi ingrediente CJ_Ramone_in_RJ_14_11_2018_FOTO_Edy_R_Monteiropara um fim abrupto. CJ tocava “3 Angels”, música em homenagem a Johnny, Joey e Dee Dee, seus já falecidos companheiros. No fim da canção CJ desaba, desmaiado no palco. Susto geral, inclusive do público, que demorou a entender. A partir daí veio a agonia com a banda gritando em vão no microfone por um médico, até que alguém CJ_Ramone_in_RJ_14_11_2018_FOTO_Edy_R_Monteirodo público se apresentar indo ao socorro.

Poucos minutos no relógio, mas longos para nossos olhos. Ainda deitado, CJ vai recuperando a consciência levanta-se e sai andando do palco. Alívio geral, em não protagonizar uma tragédia. Da bomba de gás lacrimogêneo no Canecão ao desmaio do CJ Ramone, novamente o Rio de Janeiro é cenário de um capitulo triste na história “Ramonica”.

Logo, fica o alerta aos produtores. Do underground ao mainstream é preciso ter o mínimo de cuidado em produções. A muito que acontecem vários relatos sobre a condição de segurança ao público em casas de show pelo Brasil. 

Não podemos dar margem as criticas, já existe uma desconsideração geral sobre o nosso panorama cultural. Além de não existir apoios institucionais e políticos que permitem um bom desenvolvimento da cena cultural nacional e justamente por isso existe gente com o ideal do “Faça Você Mesmo!” e que fazem shows como esse e tantos outros acontecerem pelo Brasil a fora. Não queremos que este descaso vire rotina, torcemos que apenas tenha sido uma noite infeliz, especialmente pelo excesso de calor em toda cidade do Rio de Janeiro e não apenas na casa, que alias nos enviou uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido (Veja abaixo).

Ao fim, uma cena melancólica com a banda Pacto Social, tendo a frente o abnegado Wladimir, que encerrava a noite com toda honestidade que os transborda, enquanto o pessoal da limpeza varria o salão, dando um desfecho triste onde o direito de trabalhar do artista e do se divertir do público foi varrido. - TEXTO e FOTOS: Edy R Monteiro.


Nota do Teatro Odisséia sobre o ocorrido com o evento com o CJ Ramone:
Na noite de ontem (14/11), durante uma apresentação no Teatro Odisséia, o músico americano CJ Ramone sentiu um mal estar e chegou a desmaiar. Por isso, a apresentação teve que ser interrompida mais cedo. 

Embora não tenhamos informações específicas do diagnóstico após avaliação médica pela qual passou o músico, podemos informar que a casa estava climatizada e que nos prontificamos a ajudar à produção da turnê no que fosse necessário.

Em seus 14 anos de atividades o Teatro Odisseia se orgulha de oferecer estrutura adequada para todas os artistas e bandas do Brasil e de diversos países, incluindo nomes como Jello Biafra, Los Hermanos, Mundo Livre S/A, Banda Black Rio e o ex-companheiro de banda de CJ, Marky Ramone.

A cada ano são realizados mais de 200 shows na casa e não tivemos relatos de problemas que tivessem sido causados devido à temperatura. Porém, já estamos nos mobilizando para eventuais reparos técnicos que possam ser necessários.

Sentimos muito pelo transtorno para os fãs e esperamos que CJ se recupere bem para levar seu show para as outras cidades do Brasil.

Assessoria de comunicação 
Teatro Odisséia

Postado por Michael Meneses segunda-feira, 26 de novembro de 2018 11:11:00 Categories: CJ Ramone Dops Filhos do Inácio Lapa/RJ Pacto Social Punk Rock Repressão Social Rock Situation Nine Teatro Odisseia
Portal Rock Press