LIVING COLOUR - Vivid In Rio (Literalmente)

Apesar de estarmos apenas em meados de 2019, já é possível dizer que temos um forteLiving_Colour_Circo_Voador_RJ_Brasil_FOTO_Marcelo_Pereira candidato a melhor show do ano. Sim, o Living Colour aterrissou no Circo Voador e fez mais um dos seus épicos shows em terras brasilis, dessa vez focando no álbum “Vivid”. Antes, a banda carioca Seu Roque fez o show de abertura.


LIVING COLOUR - Vivid In Rio (Literalmente)!
Circo Voador/RJ - 13 de Junho de 2019
TEXTO: Michael Meneses – FOTOS: Marcelo Pereira e Michael Meneses


Álbuns clássicos merecem shows à altura, por conta disso, grandes nomes da música realizaram turnês comemorativas para esses discos divisores de águas para cultura pop mundial. Os nova-iorquinos do Living Colour passaram pelo Brasil com sua tour comemorativa pelos 30 anos do lançamento de “Vivid”, seu primeiro álbum. Os shows ocorreram no Circo Voador no Rio de Janeiro com produção da Onstage Agência e no Tropical Butantã em São Paulo. Estivemos no show do Rio, e podemos garantir, foi fantástico!

Seu Roque...
Seu_Roque_FOTO_Marcelo_PereiraCom experiência de quem já esteve em eventos com Joe Lynn Turner, Glenn Hughes (com quem volta a tocar em outubro), e Uriah Heep, a banda Seu Roque iniciou os trabalhos, para um Circo Voador ainda vazio, contudo o trio carioca conduzia o show com segurança à medida que o público ia ocupando a Lona da Lapa. Intercalando entre músicas novas e outras mais antigas, o set deu espaço para uma jam com Gus Monsanto (foto) em “Amor Bandido”, canção em homenagem ao Seu_Roque_FOTO_ Marcelo_PereiraAndré Mattos. Destaque também para as duas últimas, “Reflexos” e “Visceral”, que dá nome ao último álbum da banda, um disco com capa e design caprichado e que foi distribuído gratuitamente pela banda na ocasião. Entrevistamos o Seu Roque na Coluna 1, 2, 3, 4... LEIA: https://bit.ly/2MI1Ua4

Living Colour...
Living_Colour_Circo_Voador_RJ_Brasil_FOTO_Michael_Meneses_Rock_PressAlgumas bandas nunca entram em campo para perder, é subir no palco e a certeza de um bom espetáculo. Living Colour é uma desses nomes, assisto shows deles desde o Hollywood Rock em 1992, e nunca voltei de um show deles dando classificação à apresentação como “mais ou menos”, tais shows sempre estão acima das melhores expectativas. A excelência que se encontra em álbuns de estúdio como “Vivid” também se encontra nos palcos. Graça a união de músicos extraordinários e no palco do Circo Voador não foi diferente.

Com a casa lotada e com um calor atípico para essa época do ano, a banda surge no palco como brincalhões e cumprimentado os fãs, descontração pura. Passado Living_Colour_Circo_Voador_RJ_Brasil_FOTO_Marcelo_Pereiraas interações iniciais, o show começa com uma versão para “Peachin’ Blues” de Robert Johnson e em seguida “Come On”, som do último trabalho da banda, o álbum “Shade” (2017), afinal mesmo que o foco do set seja o álbum lançado há 30 anos, a história continua. Em seguida, outro cover, agora “Who Shot Ya?’ do Notorious Big.

Passado essa primeira parte do show, a banda dá início à sequência de hits do álbum em celebração, e Living_Colour_Circo_Voador_RJ_Brasil_FOTO_Marcelo_Pereiraseguindo a ordem do álbum, o hino “Cult of Personality”. Como já foi dito antes, o Living Colour é formado por músicos extraordinários, e durante toda a apresentação a banda brincou com seus dons no palco, Corey Glover mais uma vez mostrou versatilidade para cantar diversos estilos, rap, hard-rock hard-core, soul... Vernon Reid seguro na guitarra, o baterista William Calhoun também marcou presença com direito a solo com a inclusão de percussão com instrumentos exóticos antecedendo o bis, enquanto Doug Wimbish todo momento esculachava no baixo. Uma união realmente inspiradora de ótimos músicos.

Passado o set comemorativo encerrado pelo solo de bateria, o bis veio com os hits do disco “Time's Up”. Iniciaram com “Love Rears Its Ugly Head” e seguiram com “Elvis is Dead” com direito a brincadeirinha em português de “Elvis Estais Morto” com sotaque e emendaram com o outro hino “Type”. Ou seja, noite finalizada com peso e aos gritos de “Pau no cu do Bolsonaro” por boa parte da plateia e com direito a um fã na lateral da pista estendendo uma camisa do Lula_Livre_noShow_do_Living_Colour_Circo_Voador_RJ_Brasil_FOTO_Michael_Meneses_Rock_Pressmovimento “Lula Livre” (foto). Logicamente, sempre tem algum fã que se faz de “inocente” em relação à postura política de alguns músicos e bandas, e que não entende essas manifestações, o que chega a ser hilário.
 
Com essa dobradinha no bis, fica a pergunta: Fará o Living Colour uma tour pelos 30 anos do álbum “Time's Up”, no ano que vem, quando esse outro clássico completa 30 anos? Se acontecer, estaremos lá com certeza de termos mais um belo espetáculo, afinal Living Colour é uma dessas bandas que podemos chamar de perfeitas. – Michael Meneses!

Próximos shows da Onstage Agencia:
SHOW: 
Face to Face + Cervical
LOCAL: Teatro Odisséia - Av. Mem de Sá, 66 – Lapa/RJ
DATA: 4 de julho de 2019
PRODUÇÃO: OnStage Agência & Solid Music Entertainment
EVENTO: https://bit.ly/2ZOcgYF
INGRESSOS:
Bilheterias do Teatro Odisséia
No site:
 https://bit.ly/2XwwCXQ

SHOW: Glenn Hughes + Seu Roque
LOCAL: Teatro Riachuelo - Rua do Passeio, 38/40 – Centro/RJ
DATA: 9 de outubro de 2019
PRODUÇÃO: OnStage Agência 
EVENTO: https://bit.ly/2RuotOd
INGRESSOS:
Bilheterias do Teatro Riachuelo
No site: 
https://bit.ly/2J3iJaz

SHOW: Eagle-Eye Cherry - Turnê Streets of You
LOCAL: Circo Voador – Arcos da Lapa s/n – Lapa/RJ
DATA: 24 de Outubro de 2019
PRODUÇÃO: OnStage Agência e Estreia Produções
EVENTO: https://bit.ly/31MKFrN
INGRESSOS: 
Bilheteria do Circo Voador
No Site:
 https://bit.ly/2L3bcex

Portal Rock Press