Gerson King Combo: O Paladino do Funk & Soul! - Arena Carioca Fernando Torres – Parque de Madureira/RJ – 11/1/2019

Na noite de sexta-feira (11/01), Gerson King Combo presenteou seus fãs e conterrâneos do bairro de Gerson_King_Congo_Arena_Carioca_Madureira_RJ_2212019_FOTO_Michael_MenesesMadureira/RJ, com mais uma noite de Black Music. O palco da Arena Carioca Fernando Torres, que fica dentro do belo complexo do Parque Madureira foi tomado por muita espontaneidade, alegria e de muito Soul Power, Brother!!! Gerson King Combo, segue com shows no SESC Osasco (evento gratuito) em 25 de Janeiro e no SESC Vila Mariana/SP (dias 2 e 3 de fevereiro) ao lado da banda Black Mantra, Carlos Dafé e Hyldon, é claro que RECOMENDAMOS!

 

Gerson King Combo: O Paladino do Funk & Soul!
Arena Carioca Fernando Torres – Parque de Madureira/RJ – 11/1/2019
TEXTO: Alexandre Beckão – FOTOS: Michael Meneses!

Gerson_King_Congo_Arena_Carioca_Madureira_RJ_2212019_FOTO_Michael_Meneses

Sexta-feira 11 de Janeiro de 2019, noite clara e de lua crescente, e a trilha sonora de hoje é no bairro ancestral de Madureira/RJ, Terra natal do grande Gerson King Combo, Gerson_King_Congo_Arena_Carioca_Madureira_RJ_2212019_FOTO_Michael_Menesesque aqui é fruto-e-semente de sua própria história que se mistura com a do bairro. Falar de música em Madureira é chover no molhado, afinal é impossível estar nesse lugar e não sentir no ar os ecos de quem sua muito pra viver, sem nunca perder o compasso. Tudo por aqui transpira música, e essa vocação musical do bairro existe desde os tempos das Rodas de Jongo no Morro da Serrinha, passa pela fundação das tradicionais escolas de samba Império Serrano e Portela, pela forte influência nos bailes do movimento Black Rio nos anos 70, e que mais tarde acabou gerando os bailes de Charme e Black Music no Viaduto e no SESC, assim como se tornou um ponto-chave na criação e disseminação do Funk Carioca, desde seu início. Sua influência musical se estende por todo o Rio de Janeiro, e em especial por todo o subúrbio. Como Campo-grandense nato, aprendi a gostar de música ouvindo as equipes do meu bairro (Salve Venenu’s Disco Club!!!), e me incluo em sua infinita legião de admiradores e fãs apaixonados. E confesso sem culpa, que curti algumas matinês no Palácio do Charme e nos bailes do SESC.

Pra chegar ao bairro, o trem é sempre a melhor opção. Depois de rápidas compras na feira de livros dentro da estação, e já devidamente pareado com meu Boss e parceiro de labuta Michael Meneses ganhamos a pista em direção a nossa tarefa. O movimento já é intenso na Rua Clara Nunes, afinal hoje é sexta e mais tarde tem Quadra da Portela. Entre o atraso do trem, camelôs, povão, transito pesado, e aquele CALOR que só o carioca sabe como suportar, seguimos pela Rua Américo Brasiliense (lanche rápido!) e cruzamos a Estrada do Portela rumo a entrada do 3º maior parque público da cidade (só menor em extensão que o Aterro do Flamengo e a Quinta da Boa Vista!) o Parque Madureira. Foi minha primeira ida ao Parque, e confesso que fiquei de queixo caído com o que vi. Milhares de pessoas curtindo a noite dispersas pelos gramados, quiosques, embalados por vários tipos de música, brinquedos de praça e aparelhos de ginástica, grandes espaços abertos com famílias inteiras com suas crianças correndo e brincando soltas, atletas fazendo seus circuitos, um lindo Skate Park, muitos casais curtindo seus momentos e trocando carinhos, e tudo isso na mais incrível paz e harmonia possível. Um pequeno espetáculo aos olhos de como sempre deveria ser em todos os lugares…

Mas deixando as utopias de lado, fazemos nosso check in na Arena Carioca Fernando Torres e começamos os trabalhos. Como sempre, deixo aqui o nosso obrigado e reconhecimento a produção e um abraço mais que especial para a fotografa Elis Melo por todo o suporte... Valeu, e vamos ao show!!!

Gerson King Combo Live: Se existe uma vertente musical, que melhor se adaptou a evolução do tempo e da tecnologia, essa com certeza foi a Black Music. Na virada da Gerson_King_Congo_Arena_Carioca_Madureira_RJ_2212019_FOTO_Michael_Menesesdécada de 1960 para a de 1970, artistas como Stevie Wonder, Roy Ayers e Marvin Gaye passaram a explorar novas formas de expandir a sua música somando teclados, efeitos e sintetizadores. Nos anos 70, veio a revolução dos DJs, misturando, cortando e refazendo a música a partir dela mesma com Pick-Ups e Samplers. Durante os anos 1980/90, o Hip Hop, o R&B e asGerson_King_Congo_Arena_Carioca_Madureira_RJ_2212019_FOTO_Michael_Meneses Drum Machines levaram a música negra ao topo do mundo, dominando as paradas de sucesso até os dias de hoje. E Gerson, que é parte da raiz de tudo isso, não ficou imune a evolução do tempo.

O projeto Gerson King Combo Live é a atualização do seu show para os dias de hoje, é composto por: Ronaldo Groove (Bases, Sampler e Efeitos), Heitor Nascimento (Guitarra), Paula Pardon (Backing Vocal e Vocal), Negra Rose (Rap e Backing Vocal), e que ainda contou com a participação especial do DJ Juan que com apenas 14 anos já é um veterano das pistas. Esse Update no som, não faz perder em nada na força e balanço que o Mestre King tem pra mostrar. Já de saída a clássica “Uma Chance” do 2º álbum Gerson King Combo (1977), vem mostrar que mesmo do alto de seus 75 anos, King é King. Na sequência, vem “Funk Brother Soul” do álbum Gerson King Combo - Volume II (1978), que a pedidos do Mestre põem todo mundo pra dançar.

Sempre muito comunicativo, Gerson brinca com seu público e diz que o Natal ainda não passou, e solta “Jingle Black” - Single (1977), e que ainda faz muito sucesso. Nessa altura, fica claro que apesar dos problemas técnicos na mesa de som, nada pode tirar o brilho de Gerson que desde o início assume uma cumplicidade total com seu Gerson_King_Congo_Arena_Carioca_Madureira_RJ_2212019_FOTO_Michael_Menesespúblico. Em “Rational Culture” e “Sossego” ambos covers de Tim Maia, ficam o destaque pra guitarra de Heitor, e a afinação e presença de palco das cantoras Negra Rose e Paula Pardon. Com o clima lá em cima, Gerson conta histórias de seu início de carreira, dança e mantem a conexão com sua plateia que responde na mesma intensidade. Na sequência, mais um clássico “Mandamentos Black” seu maior sucesso é cantada por todos, com destaque para a participação do jovem prodígio das Pick-Gerson_King_Congo_Arena_Carioca_Madureira_RJ_2212019_FOTO_Michael_MenesesUps DJ Juan. E com a vibração ainda forte, vem “Hora de União” (Lady Zu) que faz todo mundo dançar muito. Pra fechar, eles atacam com “I Feel Good” (James Brown) e terminam com uma parte do público subindo ao palco para uma animada despedida junto ao seu ídolo. No saldo final, tirando os problemas técnicos, Gerson ainda é o King, e sempre será!

No antes e depois do show, tivemos a oportunidade de ir até o camarim de Gerson e sua banda. Lá tive o privilégio de conhecer além de sua banda e equipe, parte de sua Família, amigos, e fãs que fizeram fila para estar com ele. Entre os amigos ilustres, tive o prazer e honra de conhecer e conversar alguns minutos com o grande DJ Dom Beto (Lenda Viva dos bailes cariocas!) que trabalhou junto a Big Boy e Ademir Lemos no famoso e lendário Baile da Pesada do Canecão, e que deram origem a toda cultura das equipes de som no eixo Rio x São Paulo no início do anos 1970. 

Sendo assim, fico por aqui mais que agradecido e feliz por essa noite tão especial. Gerson King Combo segue apresentações no SESC Osasco/SP em companhia da banda Brazil Soul Power nesta, sexta-feira, 25 de janeiro em show comemorativo pelo Aniversário de São Paulo, e faz novas apresentações nos dias 2 e 3 de fevereiro no SESC Vila Mariana/SP, em shows que serão verdadeiros bailes da pesada, tendo em vista que os eventos contam também com Carlos Dafé e Hyldon. Essa reunião divina de lendas da soul-music brasileira é uma iniciativa da big band paulistana Black Mantra. Salve Gerson King Combo, Brother!!! - Alexandre Beckão.

AGENDA GERSON KING COMBO
OSASCO/SP

SHOW: Gerson King Combo & Brazil Soul Power 
DATA: 25/01/2019 (sexta), às 20:30
LOCAL:  SESC Osasco (Tenda 1) - Av. Sport Club Corinthians Paulista, 1.300 - Jardim das Flores - Osasco/SP.
CLASSIFICAÇÃO: Livre
EVENTO GRATUITO
INFO:
https://bit.ly/2RfGD4Q

VILA MARIANA/SP
SHOW:
Black Mantra convida Gerson King Combo, Carlos Dafé e Hyldon
LOCAL: Sesc Vila Mariana - R. Pelotas, 141, Vila Mariana
DATAS: Sábado (2/2), às 21h. Domingo (3/2), às 18h.
INFO: https://bit.ly/2FMUUo1


Alexandre Beckão é: Carioca, Aquariano, Funk Soul Brother, e devotado de forma irreversível à Música. Paz & Música!!! Namastê!!!

Portal Rock Press