“Vitral - Entre as Estrelas o Show – Centro Cultural da Justiça/RJ - 03/04/18”

Após se apresentarem no Aldeia Rock Festival em Aldeia Velha/RJ, um dos melhores festivais do interior do estado do RJ, a banda VITRAL Centro Cultural da Justiça RJ FOTO Michael Meneses Rock Press CRéDITO OBRIGATÓRIOcarioca de Rock Progressivo Vitral brindou o publico da capital com uma apresentação sublime no Centro Cultural da Justiça. Portal Rock Press marcou presença em mais esse evento produzido pela Vértice Cultural em prol da música de qualidade.


“Vitral - Entre as Estrelas o Show – Centro Cultural da Justiça/RJ - 03/04/18” 
TEXTO: Marcos Larbos e Michael Meneses – FOTOS: Michael Meneses!

VITRAL Centro Cultural da Justiça RJ FOTO Michael Meneses Rock Press Crédito OBRIGATÓRIO

Pode não parecer, mas terça-feira foi um excelente dia para assistir um bom show; digo isso porque nesse exato dia tive o prazer de ver pela primeira vez (e que venham muito mais ainda por vir) uma das melhores bandas cariocas de rock progressivo da atualidade se apresentando no Centro Cultural da Justiça Federal na Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro. Apesar de o show ter acontecido em um dia de semana, o público presente estava bem além das expectativas em relação ao mencionado, e praticamente tomou todo o teatro. Em relação ao espaço, o teatro é super confortável; o suficiente para termos de certo modo um contato mais próximo e mais intimista entre o público e a banda. 

VITRAL Centro Cultural da Justiça RJ FOTO Michael Meneses Rock Press Crédito OBRIGATÓRIOA noite ainda surgia quando eis que sobrem ao palco Claudio Dantas (bateria – banda Quaterna Requiem); Eduardo Aguillar (Teclados – solo/ ex – banda Kaizen); Luiz Zamith (Guitarra – solo/ e banda Ícones do Progressivo); Marcus Moura (Flauta/flauta doce/acordeom – banda Bacamarte / ex – banda Roque Malasartes) e Vitor Trope (contrabaixo – Orquestra Rio Camerata) já abrindo com a bela “Pétala de sangue”. O som estava numa altura adequada e bem equalizada, dando perfeitamente para ouvir cada instrumento separadamente e sem embolação; fora alguns problemas técnicos que são corriqueiros em qualquer show que se preze, isso de maneira alguma atrapalhou a performance e o bom andamento da apresentação.

Em seguida levaram uma versão de uma música do trabalho solo do próprio Zamith, “Alguém se lembra das antas” que com uma declaração emocionada disse que a música tinha um significado especial, pois era uma homenagem à memória ao seu tio recém-falecido e um dos principais entusiastas e responsáveis pela sua carreira musical. Também foram muito felizes tocando “Caño” do Bacamarte e a belíssima “Ramoniana” do Quaterna Requiem, onde o arranjo de violão e flauta doce deu outro clima na música. Tanto o entrosamento quanto o bom humor dos músicos era contagiante e em vários momentos tirou boas risadas do público que estava também bem participativo.

Para finalizar a noite levaram a tão esperada suíte “Entre as Estrelas” e que segundo Eduardo Aguillar explicou de forma bem descontraída, que os cerca de 50 minutos da peça foram executados com intervalos para que eles pudessem ter um tempo “para os véios descansarem e beberem uma água”. Esse formato foi muito feliz e assertivo também em relação a quem estava assistindo, pois ficou mais explícito que eram faixas individuais, mas que seguiam um contexto global da concepção da obra. Como não podia deixar de ser, veio o já aguardado “Bis”, onde finalizaram de forma apoteótica com a excelente “Vitral”

Ao final desse show memorável, uma chuva brindava a cidade, como quem diz: “Hoje quem está Entre as Estrelas são vocês”. E isso define muito bem o clima de todo o espetáculo, apresentado pela Vitral. Méritos também do publico que marcou presença e da Vértice Cultural por mais essa iniciativa em prol da música no Rio de Janeiro, seja essa música, Rock, Jazz, Prog, Blues e afins, o fato é que ao final, tal iniciativa abrilhantou e tornou a semana especial para aqueles que ali estiveram. Por fim, foi anunciado para o dia 5 de Maio show do Som Nosso de Cada Dia no Teatro Municipal de Niterói/RJ. #ParabénsAosEnvolvidos – Marcos Larbos e Michael Meneses!

Portal Rock Press